artigos
  • Voltar
Comunicado da Apenas Livros, Lda.
Colocado às 00:52, 12/07/2009

ESCLARECIMENTO

Após consulta legal, a Apenas Livros, ficou a saber que o acto, descrito no texto anexo ao Comunicado, pode constituir crime de contrafacção. Assim, a empresa decidiu retirar de catálogo a autora que cometeu a eventual infracção, para demonstrar a todos os seus autores e ao público em geral que não pactua com actos semelhantes, desde que cheguem ao seu conhecimento.

Foram pedidos esclarecimentos ao Instituto de Estudos de Literatura Tradicional, nosso parceiro, que os deu e que consideramos suficientes.

A resolução do problema da eventual contrafacção diz respeito, apenas, à lesada, pelo que não tomaremos qualquer atitude subsequente, dando para já, a Apenas Livros Lda., o caso por encerrado.

Fernanda Frazão (editora)    - 24 de Julho 2009

Ao tomar conhecimento do texto que se publica abaixo (a propósito de um livro recém-publicado, chamado Gigantes e Outras Desmesuras), recebido através de email, informamos que esta Editora encetou as diligências necessárias com vista ao apuramento das possibilidades de accionar os mecanismos legais adequados, no sentido da protecção de todos os seus autores e do bom nome da empresa.

Fernanda Frazão (editora)   - 20 de Julho, 2009

«Em Outubro 2005, pela editora Apenas e para o IELT, escrevi um livro/folheto intitulado «Gigantes, Olharapos e Outras Desmesuras» sobre a figura do Gigante ao longo de diferentes tempos e espaços, com especial incidência no imaginário tradicional e literário. O folheto possuía, nas páginas finais, um levantamento de contos, lendas, mitos, sites, filmografia, etc. relacionados com a figura do gigante/ogre/olharapo. Era feita uma referência aos Gigantones e ao FIG, um festival de gigantones que na altura estava a ter as primeiras edições na Vila de Pinhal Novo.

Foi com imensa surpresa e indignação que me apercebi, há cerca de duas semanas,  da edição de um livro intitulado  «Gigantes e outras Desmesuras», editado pela Câmara Municipal de Palmela a propósito do referido FIG (Festival Internacional de Gigantones).  Trata-se, segundo consta,  de um livro da «autoria» de Sara Diogo, com ilustrações de Marc, edição da Câmara Municipal de Palmela, patrocinado pela FCT através do IELT e apresentado pela própria Directora do IELT, Ana Paula Guimarães.

É um livro «infantil» que contém 7 contos e lendas mais ou menos recontados pela Sara Diogo e profusamente ilustrados pelo Marc. Como 6 desses 7 contos e lendas aparecem referidos no meu livro (o único que não citei não o fiz porque não o considero um conto de gigantes. É, sim, um conto de entes sobrenaturais com poderes sobre-humanos); como o próprio título possui 4 das 5 palavras do meu (que, convenhamos, é um título algo elaborado)  espanta-me tanta coincidência sem uma única referência bibliográfica que seja ao meu livro/trabalho.

Se se tratasse de alguém de uma outra área, de uma pessoa que ingenuamente tivesse avançado por caminho desconhecido, seria de lhes perdoar a ingenuidade, mas quando se trata de uma «investigadora» do IELT e de um livro apresentado pela própria Ana Paula Guimarães, então trata-se de falta de seriedade e de falta de ética - entre outras.

Considero absolutamente abusiva a situação, tanto mais que foram feitos, logo na primeira edição, 1200 exemplares (tiragem nunca igualada em qualquer outra edição desta ou de outra colecção de folhetos) sem que eu tivesse sido atempadamente informada - e o único pagamento/agradecimento que recebi até hoje foi a situação que agora relato.

Sinto-me profundamente indignada.

Maria Teresa Meireles»

Apenas Livros, Lda.
© 2019 Apenas Livros, Lda.. Todos os direitos reservados. | Pedido de informações | Webmaster